BREVE - POESIA

Ana Margarida W. Mignone

 

Breve


Que ao menos fosse breve, a vida.
O tempo de espera, o tempo restante.
E não seriam tão longos
os árduos momentos de sombras, os temores.
E não seria lançada sempre pra tão longe
a possibilidade de ser feliz.
E não seria preciso armar e endurecer o coração
nesse incessante e insistente movimento de defesa.

Que fosse ao menos breve.
Um só instante de tudo ou nada.
Sem opções ou planejamentos,
sem póstumas comemorações ou lamentos.
Um só instante.
Mas que fosse inteiro, intenso e íntegro.

Que fosse a vida uma breve verdade afinal.

Preço de lançamento: 25 reais

Mais informações pelo e-mail: oficinaeditores@oficinaeditores.com.br