D'ALÉM-MAR: ESTUDOS DE LITERATURA PORTUGUESA - Tatiana Alves - ensaio (242 páginas)

Tem razão Barthes quando afirma que é no leitor que as múltiplas escritas de um texto se reúnem para cumprir seu destino. E é a lembrança dessa formulação barthesiana que nos suscita a leitura dos ensaios de Tatiana Alves. Doutora em Letras e militante nos campos do ensino acadêmico, a professora, neste seu trabalhado livro, percorre com argúcia e fina sensibilidade textos canônicos da literatura portuguesa, trazendo às leituras já um tanto desgastadas pela freqüência dos currículos novos enfoques, capazes de restituir em nós, leitores habituais, o encantamento de uma primeira leitura em profundidade. É o que se sente, por exemplo, na leitura do paralelo estabelecido pela autora (leitora) entre as estrofes do Canto X do poema camoniano, quando a poderosa Thetis apresenta ao “sublime capitão” a “máquina do mundo”, e o poema de Carlos Drummond de Andrade, “A máquina do mundo”. Sob a evocação desses dois numes tutelares da poesia de língua portuguesa é que a professora Tatiana guiará seus leitores, além de apresentar novas leituras de alguns dos mais férteis textos de autores como Gil Vicente, Camões, José Régio, Florbela Espanca, Mário Cláudio, José Cardoso Pires, Camilo Pessanha, Antero de Quental, Agustina Bessa-Luís e Lobo Antunes.


O Auto de Inês Pereira, um dos mais lidos de Gil Vicente, afigura-nos, de repente, como um premente pedido de socorro da mulher do século XVI e de todas as mulheres oprimidas de todos os tempos. Aquela Inês que seria, em princípio, apenas um tipo social entre outros que o teatro vicentino traz ao palco, é lida pela Professora Tatiana como mais uma mulher na galeria daquelas que souberam e sabem de quanto são capazes.
E o que dizer da outra Inês, lida pela tradição como mais uma vítima do amor-paixão interdito e que nos é revelada agora muito acima de sua condição de vítima, mas, na verdade, como parte integrante dos assinalados cujos feitos constituem o motivo do canto épico de Camões?


Todos os que se interessam por literatura vão encontrar nestes textos motivação para novas leituras.

Ronaldo Menegaz é professor de Literatura Portuguesa.

Mais informações: oficinaeditores@oficinaeditores.com.br